Caravana Lula pelo Brasil: um reencontro com o povo

Uma história de contatos com o povo

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva começou no dia 17 de agosto o projeto da caravana Lula Pelo Brasil, que o levará, de ônibus, a uma série de cidades desde a Bahia até o Maranhão. E Lula já fez isso outras vezes. Nas décadas de 70, 80 e 90, ele promoveu caravanas pelo país para lutar pela democracia, pelos direitos trabalhistas e para conhecer de perto a realidade do povo brasileiro.

Caravana Lula pelo Brasil
Fotos: Ricardo Stuckert/Instituto Lula

Inclusive, quando foi eleito presidente da República, Lula não deixou de viajar o país. No primeiro ano de seu governo, em 2003, o então recém empossado presidente da República, anunciou a Caravana Social e levou 30 de seus 34 ministros para conhecer de perto a miséria e a fome de pessoas que viviam em cidades com o menor Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) do país. No roteiro estavam Brasília Teimosa, em Pernambuco; cidades da região do Vale do Jequitinhonha, em Minas Gerais;e o município piauiense de Guaribas.

Antes da eleição de 2002, em caravana Lula percorreu mais de 40 mil quilômetros conversando e abraçando um Brasil esquecido, o dos pobres e miseráveis. Essa experiência sem dúvidas colaborou para o petista chegar à Presidência e marcar a história do país com um dos atos de maior alcance de seu governo: tirar o Brasil do Mapa da Fome da ONU.

Emoção no primeiro dia

Caravana Lula pelo Brasil
Fotos: Ricardo Stuckert/Instituto Lula

Ontem, na Bahia, o dia do Lula começou com o emocionante reencontro com Everton Santos, o garoto que protagonizou uma foto poética e icônica que marcou a campanha de 2006.

À época, Everton tinha apenas 7 anos. O encontro ocorreu quando Lula foi inaugurar moradias populares em Lauro de Freitas. Sobre os ombros de um amigo, Everton conseguiu aproximar-se de Lula em momento registrado pelo fotógrafo Ricardo Stuckert, que voltou a fazer o registro desse encontro, 11 anos depois.

Acompanhe o desenvolver da caravana:

 

Apesar dos cães, a caravana Lula passa

Caravana Lula pelo Brasil

O jornalista Bepe Damasco, escreveu um instigante artigo sobre o sofrimento da mídia com a caravana Lula pelo Brasil. Segundo ele, “Depois de liderarem a maior caçada da história a um político brasileiro, são obrigados a amargar a teimosa liderança de Lula em todas as pesquisas. E, agora, o desafio é fazer das tripas coração para diminuir o impacto do corpo a corpo de Lula com o povo nordestino”.

Bepe destaca o “gosto amargo do fel da inveja na boca” pois a mídia tenta focar “problemas absolutamente naturais em um périplo de 20 dias”. O jornalista critica a parcela escravocrata da sociedade brasileira que tem todo tipo de preconceito contra os nordestinos e arremata lembrando do “sábio ditado árabe, ou português, pois não se sabe ao certo sua origem : “os cães ladram e a caravana passa”.

Leia o artigo na íntegra: http://blogdobepe.com.br/index.php/politica/item/1631-o-sofrimento-da-midia-com-a-caravana-de-lula

Fotos: Ricardo Stuckert/Instituto Lula

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *