Queremos Wadih Damous na chapa com Jandira Feghali

Estamos engajados na luta pela indicação do Wadih Damous para ser candidato a vice-prefeito na chapa que disputará com Jandira Feghali. O texto abaixo é uma obra de muitas mãos e a confluência de desejos e sonhos. O manifesto continua aberto a novas adesões pelos comentários.

Manifesto

Vivemos tempos sombrios. Nossa jovem democracia foi solapada por um golpe parlamentar, com forte apoio midiático e empresarial, rasgando a Constituição e afastando ilegalmente a primeira mulher eleita presidenta do Brasil. Os escândalos recentes revelam o que denunciamos há tempos: uma verdadeira quadrilha tomou de assalto o Estado, combinando o apetite voraz do poder econômico, desejoso de mais lucros e menos direitos para os trabalhadores, com a sanha corrupta dos que pretendem interromper investigações e manter suas tenebrosas transações.

O golpe veio para interromper conquistas, completar as tarefas inacabadas do governo FHC e rasgar a Constituição de 88. Se é fato que, em 13 anos de governo, o campo popular cometeu vários equívocos, perdendo a chance de impulsionar uma grande reforma política e outras reformas estruturais quando gozava de imensa aprovação popular, já está mais do que explícito que as motivações do golpe não se encontram nos nossos erros. É um imenso ataque aos Direitos Humanos, às políticas sociais, ao SUS e aos movimentos sociais. Coloca em risco todos os avanços, e não foram poucos, conquistados pelos trabalhadores e movimentos sociais no último período.

Nem tudo são trevas, no entanto: em contraponto ao golpe, emergem as mais belas energias criativas da resistência democrática, protagonizando a luta nas ruas, praças e redes. As ocupações de escolas dos estudantes, as marchas do movimento sindical, o grito multicolorido da cultura, o novo ativismo digital, a força do feminismo, o reencontro solidário das esquerdas. A potência da utopia: em cada eco de #ForaTemer, um mundo novo de possibilidades.

Não poderia ser diferente no Rio: a bela agenda da resistência, a exemplo do #OcupaMinC, denuncia a falência do Estado, cujos descaminhos do governo mostram esgotamento do ciclo de governos do PMDB, escancarado pela adesão de prefeito e governador ao golpismo, após fartarem-se no boom de investimentos públicos promovido pelos governos Lula e Dilma.

Queremos um Rio diferente. Uma cidade democrática, integrada, plena de direitos, de cultura viva e cidadania ativa. Uma cidade com participação política intensa, que retome o desenvolvimento com combate às desigualdades sociais, que promova a liberdade, que garanta a mobilidade e serviços públicos de qualidade.

Este Rio em comum, construído nas redes comunitárias de solidariedade, na economia criativa, nas teias tecidas por artistas e ativistas culturais, no suor do povo trabalhador, deve ganhar um novo impulso. Contra a força do dinheiro, a mais ampla unidade de quem luta e sonha: é hora de compreendermos que a diversidade do campo popular e democrático precisa buscar um ponto de encontro. Respeitamos nossas diferenças, mas valorizamos ainda mais o que nos une. A construção de um grande bloco democrático, impulsionado por milhões de mãos, corações e mentes, poderá elevar a um outro patamar o desejo de mudança. É hora de sermos parte ativa da construção do Rio que queremos.

Os novos sujeitos coletivos que preencheram de cores o espaço público e promoveram uma intensa troca de experiências e tradições com as organizações históricas dos trabalhadores têm enormes expectativas nesta construção. É tempo de diálogos e construção de novas sínteses, colocando lado a lado partidos políticos, movimentos sociais, intelectuais, artistas e esse turbilhão de novas vozes, erigindo a muitas mãos os pilares de um novo Rio, reconhecendo protagonismo nessa conjuntura dos jovens, em especial das mulheres.

É este o desafio que nos propomos: colaborar intensamente para impulsionar um amplo movimento que, em alusão ao saudoso Chico Science, possa, ao se organizar, desorganizar o capital. Um bloco em constante atividade, capaz de conduzir uma candidatura que represente as aspirações do socialismo democrático e de polarizar o debate com a direita; um coro coletivo de belas aspirações, sem espaço para agressores, fascistas, tendo como locomotiva as mãos dadas que hoje conduzem a resistência ao golpe.

A candidatura de Jandira Feghali representa um imenso campo político e social que, entre erros e acertos, construiu um legado importante de promoção de direitos e redução das desigualdades sociais. Nós não viramos as costas nem negamos as profundas transformações geradas pelos governos Lula e Dilma nos últimos 13 anos. Consideramos, no entanto, que o golpe escancarou os limites do nosso sistema político, e também o esgotamento (se não o erro) da estratégia de conciliação de classes forçando uma reflexão coletiva: precisamos (re)construir um imenso movimento por mudanças, uma plataforma radicalmente popular e democrática e um arco de alianças identificado organicamente com a luta pela superação do neoliberalismo. Compreendemos que a candidatura de Jandira ganha força e legitimidade na medida em que a sua composição expressa esses anseios.

Nesse sentido, o nome do deputado federal Wadih Damous se apresenta como a melhor alternativa para fazer companhia à valente Jandira. Fundador do PT, Wadih tem larga trajetória na defesa dos trabalhadores e dos direitos humanos. Foi advogado do movimento sindical, presidente do sindicato dos advogados, da OAB-RJ, da Comissão Estadual da Verdade e da Comissão Nacional de Direitos Humanos da OAB. Manifestou-se sempre de forma crítica ao modelo de cidade-negócio impulsionado pelo PMDB, que tornou o Rio um território livre para o capital, líder das estatísticas de assassinatos de jovens, quase sempre negros e pobres.

Em seu primeiro mandato, Wadih destaca-se no enfrentamento ao golpe e na defesa intransigente da Constituição. Sua presença na chapa, como candidato a vice-prefeito, é defendida por diversos setores da esquerda, agregando simbolismo, legitimidade pública e nitidez política.

Diante dos atuais dilemas da sociedade brasileira, a militância e os setores historicamente identificados com o partido esperam uma resposta política e ideológica quanto aos novos rumos. Nesse sentido, Wadih reúne condições de liderar um processo que supere a despolitização e mobilize para a necessária autossustentação das campanhas, o que implicará ações pedagógicas, dedicação, comprometimento e envolvimento militantes e, como consequência, em contribuição financeira de militantes e simpatizantes e maior enraizamento social.

Não temos tempo a perder. É hora de botar o bloco na rua, abraçar a nossa cidade e mostrar que é possível fazer diferente. Queremos Jandira e Wadih para conduzir o nosso imenso cortejo, apresentando ideias radicalmente democráticas para o governo do Rio, em que participação social e compromisso com os interesses das classes trabalhadoras sejam pilares centrais. Vamos juntos!

Assinam:

Maria da Conceição Tavares – Economista

Lindbergh Farias – Senador

Olimpio Alves dos Santos – Presidente do Sindicato dos Engenheiros do Rio de Janeiro.

Waldeck Carneiro – Deputado Estadual

Eric Nepomuceno – Jornalista

Reimont Otoni – Vereador

Afonso Celso – Vice-presidente Sinpro

Agostinho Guerreiro – Ex-presidente do CREA-RJ

Breno Altman – Jornalista

Carol Proner – Professora de Direito Internacional do DGEI-FND-UFRJ

Denise Assis – Jornalista

Elisa Guaraná – Professora da UFRRJ

Gisele Cittadino – Coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Direito da PUC-Rio

Graça Lago – PT

Inês Pandeló – Ex-deputada Estadual

Ivo Bucaresky – Economista

Izabel C Gomes da Costa – Dirgente do SEPE

oão Sicsu – Professor da UFRJ

Jorge Bittar – Ex-deputado federal

Laura Tavares – Economista – professora aposentada da UFRJ

Luiz Edmundo Aguiar – Ex-reitor

Luiz Fernando Lobo – Produtor cultural

Marcia Paes – Coordenação Núcleo Largo do Machado Marcos Vinicius Seixas – Coordenador do Núcleo Zé Dirceu

Maria José Andrade (Zezé) – Ex-executiva municipal do PT

Miguel Paolino – Conselho Nacional de Juventude

Milton Rezende – CUT Nacional

Mitã Chalfun – Ex-vice presidente da UNE

Natália Cindra – Diretório nacional do PT

Neuza Luzia – vice-presidenta da CUT-RJ

Olavo Carneiro – Direção Nacional da Articulação de Esquerda

Ricardo Quiroga – Diretório municipal

Robson Leite – Ex-superintendente Regional do Ministério do Trabalho e Emprego e ex-deputado estadual

Rodrigo Mondego – Coordenador do setorial nacional de Direitos Humanos do PT

Rui Roosevelt – Ex-vice presidente do PT municipal

Tassia Rabelo – Membro Coordenação Nacional AvanteS21

Tomaz Miranda – Músico

Tuca Moraes – Atriz e produtora cultural

Alipio Carmo – Militante do PT

Antonio Carlos – Executiva estadual PT

Bernardo Cotrim – Executiva estadual PT

Regina Toscano – Militante do PT

Renam Brandão – Diretório estadual PT

Adailton Batista – Coordenador do Setorial Petróleo Gas e Energia PT-RJ

Adélia Evangelista –

Adilson Barros – Contraf/CUT

Albea Regina – Professora

Alexandro Gomes – Professor

Almir Barbio de Azevedo – Militante do PT

Ana Bonniard –

Ana Carolina Radd –

Ana Carolina Radd – Doutoranda PUC

Ana Domeniconi – N. Largo do Machado

Ana Pimentel – Médica

Ana Priscila Alves –

André Luiz Barbosa da Silva – Militante do PT

André Marinho – CUT-RJ

André Toscano –

Andréa Fetzner – Professora UNIRIO

Andréa Rolo Farei – Psicóloga 

Angela Maria Barcellos Souza e Silva – Professora

Angela Fontes – Economista

Angelica Mayall – MUL

Antonia Barbosa Pincano – Professora UNIRIO

Antonio Canha –

Antonio Carlos Buzzatto –

Antonio Carlos Pereira – Adovogado

Antonio Fonseca Lobato – Petroleiro

Antonio Guedes Gonçalves de Canha –

Arlindo Magno de Oliveira –

Artur Obino Netto –

Barbara Eliodora –

Belmar Marchetti – Fetrafi RJ ES

Belmar Marchetti – Sindicato dos Bancários

Bernardo Karam – Prof. do IE da UFRJ

Beto Bastos –

Bruno Falci – “Historiador – militante do Ocupa Minc”

Bruno Falci Bitarelli Medeiros – Historiador/ #OcupaMinC

Bruno Lourenço Barbosa – Advogado

Bruno Moreno – Advogado

Camile Fonseca do Espírito Santo –

Camilla Barroso – Professora

Camilla Barroso – Professora

Carlos A de Oliveira Carvalho (Arafat) – Professor

Carlos Fidelis Ponte – Fiocruz

Carlos Maldonado – UFRJ

Carlos R.S. Moreira –

Carole Gubernikoff – Decana do Centro de Letras e Artes da UNIRIO –

Carolina de Aquino Xavier –

Carolina Peterli –

Celso Faria de Carvalho – Corretor de seguros

Charles Gonçalves Ferreira – Militante do PT

Cicero Junior – Servidor Público

Ciomara Maria Santos – Assistente Social/ Professora

Clara Duarte Silvestre Cavalcanti Lima –

Clarice de Freitas S Avila – Sepe

Clarissa Ávila –

Clarisse Meirelles – Jornalista

Claudia Bonan – Médica Fiocruz

Claudia da Rosa – Secretária

Claudia de Oliveira Fernandes – Professora UNIRIO

Cláudio Monteiro – Professora UNIRIO

Cláudio Monteiro de Andrade – Professor

Cláudio Paolino – Fotógrafo e militante da cultura

Cláudio Pereira – Setorial de Moradia e Reforma Urbana

Clodiana Brescovit Alves – “Contadora – petroleira”

Cristiana Castro – Advogada

Cristina Vermelho –

Cynthia Baldi –

Dalia Romero Montilla – Fiocruz

Damu Shiva – DCE UniRio

Daniel Gaspar –

Daniel Saman – Músico e Educador

Daniel Spicacci Folgosi – Estudante UERJ

Daniel Spiryn Reinaldo – Militante do PT

Daniela Leite – Médica

Davi Vieira – Técnico Ambiental

Dorival Teles – Sindicato dos Bancários

Drielle Silva Pereira –

Duilio Monroy –

Dulce Pandolfi –

Edna Novaes –

Edda Castro – Administradora

Ednylton Maria Franzosi –

Eduardo Henrique Santos de Almeida – Professor

Eduardo Morrot – UEE-RJ

Eliane Martins – Psicanalista e Artista Plástica

Eliane Nascimento – UFRJ

Elizabeth Pacetta –

Elizabeth Rodrigues – Administradora

Elvio Gaspar –

Ernesto Salles – Economista

Eugênio Maria De Abreu Almeida – Professor

Fabiana Marques dos Reis Gonzalez – Advogada

Fatima Fernandes – Bancária aposentada

Felipe Rabello de Lima de Almeida Celestre –

Fernanda Rimes –

Fernando Linhares – Professor

Filipe d’Eça Morais – DCE UERJ

Flávia Azevedo – jornalista

Francisco Abdala (Chicão) – Sindicato dos Bancários

Francisco Naurdo de Albuquerque –

Gabriel Siggelkow Guimarães –

Gabriela Mayall – IESP-UERJ

George Lucena – Advogado

Georgia Bello – Advogada

Gerly Miceli – UFRJ

Giliate Coelho

Gilson Navega Queiroz – UFRJ

Glauber Queiroz

Guilherme Dias de Carvalho Novo – Estudante UERJ

Guilherme Hruby – Petroleiro

Gustavo Siqueira Silveira – Professor do Programa de Pós-Graduação em Direito da UERJ

Halison Bruno de Lima Lara –

Havana Marinho – Jornalista/Advogada e militante do PT

Helbson Ávila – Economista

Helena Alves Rossi –

Hélio Silva –

Huascar da Costa Filho – UFRJ

Iago Zappelli Galvão –

Ian Ribeiro da Silva – Estudante UERJ

Ilvaneri Penteado –

Ines Silva –

Ingrid FIgueiredo – UEE-RJ

Ingrid Nery – Membro Executiva Estadual da Juventude PT – AvanteS21

Irinaldo Cabral

Isaac Porto dos Santos

Isabel Ortigão – UERJ

Isaura Maia – Comerciante

Ives Oliveira Reis

Jaime Luiz Lemos Albuquerque – Petroleiro

Jaime Ribeiro Borges Filho

Jane S. Andrade

Joacir Pedro – Petroleiro e Presidente do Fórum dos Trabalhadores da indústria Naval e Petróleo

Joana de Angelis – UFRJ

João Caetano Mackay Apolinário

João Crispim Victório

Joao Pedro Thimoteo

João Ricardo Wanderley Dornelles – Coordenador Geral do Núcleo de Direitos Humanos da PUC-Rio

João Studart Orban

João Victor Xavier

Jorge Eduardo Nascimento – Engenheiro de Petróleo

Jorge Olmar M Copello – Engenheiro

José Airton Monteiro – Professor

José Augusto Dias Pires – Jornalista

José da Costa Filho – Professor – UNIRIO

José Germano Neto

José Glaydson de Souza – Mestre em Comunicação UFPB

José Octávio Fernandes

José Vargens

José Viana Filho – Militante do PT

Joselaine Prandi de Oliveira

Julia Rezende Toribio Dantas

Juliano de Aquino Xavier

Jurema Santos – PT

Karine Baraibar – Advogada

Kátia Maria de Fátima Arantes – Advogada

Katia Silva – Médica Fiocruz

Laura Bitarelli Reboullet – “Doutoranda em Língua Portuguesa – Sorbonne”

Laura Paiva – Comissão de moradores do Horto e Paulo Victor Diretor do Centro Acadêmico de História UERJ

Leila Tavares – Militante do PT e da luta feminista

Leonardo Barbosa – IESP-UERJ

Leonardo Castro – ENSP/Fiocruz

Lia Werneck Vargens –

Linalva Santos – Petroleira aposentada

Lucas Gaspar – Administrador

Lucas Stelling

Lucas Tejero – “Engenheiro – Petroleiro”

Luciano Menezes

Luciano Nascimento – Professor

Luciano Tolla – Advogado

Lucileine Souza – UEE-RJ

Lucy Linhares – Antropóloga

Ludmila Queiroz – Coletivo Fora da Ordem

Luis Augusto Borges de Leão – Professor

Luisa Pinaud

Luísa Valle

Luiz Antônio Elias

Luiz Fernando Soares de Azevedo

Luiz Gonzaga P. de Almeida

Luiz Paulo Campos – Advogado

Luiz Xavier

Luiza Jacob

Maga Antunes

Maíra Santafé – Sindipetro

Mairce da Silva Araújo – Professora da Uerj

Manoel Moraes de Araújo

Marcelo Lima – Microempresário

Marcelo Silva – CUT-RJ

Marcia Carcereri – Psicanalista

Marcia Chalfun

Marcia Vera de Vasconcelos

Marcio Tenenbaum – Advogado

Marco Tulio – Dirigente do SEPE

Marcos Nascimento – Professor

Marcos Tadeu Couro – Professor do IFRJ

Marcus Ianoni – Professor UFF

Mari Cota – Militante Feminista

Maria Arlinda – PT

Maria Arlinda Castro – Núcleo Largo do Machado

Maria Augusta Cambará – Aposentada

Maria Auxiliadora D. Machado – Professora UNIRIO

Maria Brezenky – Atriz

Maria Cândida Goncalves

Maria Cecília Krug Mendes – Professora

Maria Cristina Lages

Maria de Lourdes da Silva Teixeira

Maria do Carmo Queiroz Daffnune – Professora aposentada

Maria do Céu – CUT-RJ

Maria Elena Viana Souza – Professora UNIRIO

Maria Emília Cardoso Xavier

Maria Náustria de Albuquerque – “Historiadora – Setorial Petróleo Gas e Energia PT-RJ”

Maria Rosane Tavares Lima

Maria Rosane Tavares Lima – Petroleira

Mariana Moretti Ribeiro

Marília Falci Medeiros – “Socióloga – professora aposentada da UFF”

Marilia Kairuz Baracat – Advogada

Marília Rosa Milan

Marjorie – Psicóloga e militante da cultura

Marlete Pereira da Silva – Nutricionista da FIOCRUZ

Marta Skinner – Economista

Mateus de Sales Maçulo – Estudante UFF

Maura Ventura Chinelli – Professora da UFF e Coordenadora do PIBID-UFF

Mauro Caldeira Brant – Comerciante

Míriam Starosky

Mônica Dias Peregrino Ferreira – Professora UNIRIO

Mônica do Vale – Professora da Unirio

Mozart Chalfun

Murilo Silva – Sindicato dos Bancários

Naide Marinho – Advogada

Natália Leão – Socióloga

Nathália Almeida Cabral –

Neide Maria Santos Marcelino – Contadora

Nilo Casanova – Sindicato dos Bancários

Noemi Andrade – UFRJ

Odete Maria do Amaral Rocha – Professora

Octacilio Lopes – Militante do PT

Og Barbosa – Militante do PT

Osiris Barboza de Almeida – Presidente da Finttec

Patrícia Schmid – Médica psiquiatra

Paulo Camilo Gusmão – Núcleo Largo do Machado

Pedro Dangelo – “Advogado – juventude do PT”

Porcina Frota – Enfermeira

Priscila Borges

Rafaella Lopes Martins Jaeger – Estudante UFF

Raíssa Sales de Macêdo

Rebecca G da Paixao Moraes – Estudante UFRJ

Regina Carvalho

Regina Chiaradia – Socióloga

Regina Vieira dos S Resende – Militante do PT

Reinaldo Antônio – Professor da Seduc RJ

Renato Guerra Borges Filho

Renaud Leenhardt –

Reneu Rodrigues da Silva – Geólogo

Ribamar Silva – Contador

Ricardo Barbosa Alves – Militante do PT

Ricardo Carmo

Ricardo Gouvêa Correa –

Ricardo Savini – Geólogo

Ricardo Tanscheit – Professor PUC-Rio

Rita dos Anjos – UFRJ

Roberta da S Calixto dos Santos – Designer

Roberto David Ribas Amazonas – Estudante PUC

Roberto Hugo girafa – Núcleo Largo do Machado

Rocine Castelo de Carvalho – Professor do IFRJ

Rodolfo Porto Darrieux – IESP-UERJ

Rodrigo André de Almeida

Rodrigo Appel Concli dos Santos – CUT-RJ

Rodrigo Botelho Campos – Economista

Rodrigo Oliveira – Médico

Rogério Bitarelli Medeiros – Professor da ECO-UFRJ

Rosa Angélica da Silva

Salatiel Lima – Servidor Público

Sandra Francesca de Almeida – Professora Universitária e psicanalista

Sandra Schneider

Sebastian Rojas Archer – Militante do PT

Sebastião de Moraes Filho – Militante do PT

Sergio Abbade – Sindpetro Caxias

Sergio Amorim – Sindicato dos Bancários

Sergio Guedes – UFRJ

Sergio Ladany dos Santos

Sérgio Luiz Marques Ribeiro – Psicólogo e Secretário de Políticas Sindicais PT-Angra

Sergio Rosa – Militante do PT

Sergio Xavier Ferreira

Sonia Silva – Jornalista

Stephanie Vale

Stephanie Zuma da Silva Lacerda – Militante do PT

Talita Tanscheit – Cientista política

Tatiana Guimarães – Jornalista

Tereza Mara Cruz

Thais Alves – UEE-RJ

Thomaz Gaio Santos Soriano

Tulio Batista Franco

Umberto Trigueiro – Fiocruz

Valéria de Albuquerque – Professora

Valeria Duarte – Sinpro

Valeska Antunes – Médica

Vera Barradas –

Vera Barradas – UFRJ

Vera Lúcia Costa – Advogada

Vera Lúcia Teixeira de Azevedo – Petroleira

Vera Maria Stiebler Leal – Psicóloga

Vera Miranda

Vera Nilce Corrêa – Economista aposentada

Vicente Vaz de França – Professor

Victor Tinoco de Souza – Professor e doutorando em Geografia pela PUC- Rio.

Vinicius Baião – Professor

Vitor Costa – Professor

Wagner Medeiros – Coordenador Núcleo de Turismo do PT

Walmyr Junior

Wilson Norberto Barbosa Filho – Professor

Wladimir Cerveira – Professor

Yuri Chaves Dias

Zora Motta – Arquiteta

30 thoughts on “Queremos Wadih Damous na chapa com Jandira Feghali

  1. Tenho acompanhado o trabalho do deputado Wadih na Câmara dos Deputados nesse momento dificil que passa a esquerda no Brasil. Tem sido um combatente e um um representante das forças progressistas no Congresso.

  2. A chapa Jandira e Wadyh representa uma verdadeira alternativa à esquerda, um projeto de cidade voltada para a população mais necessitada, em defesa dos direitos dos trabalhadores e de todos os segmentos marginalizados da sociedade.
    Subscrevo o manifesto acima. Me representam!

  3. Assino o manifesto a favor da chapa Jandira Feghali-Wadih Damous.

    Marcos Antonio da Silva Teixeira – militante político do PT e da esquerda.

  4. Eu já ía votar na Jandira, agora então, com Wadih como seu vice, minha motivação e meu entusiasmo duplicaram !!!
    Esta será, sem dúvida, a melhor chapa a concorrer à prefeitura do Rio !!!!

  5. Eu já ía votar na Jandira. Agora, com o Wadih como seu vice, votarei com motivação e entusiasmo redobrados!
    Esta é a melhor chapa a concorrer à prefeitura do Rio!

  6. Wadhi e Jandira tem sido incansáveis em defesa dos avanços sociais, da soberania Nacional e da democracia. Também assino o manifesto.

  7. A capital do Rio de Janeiro merece ter uma era de paz social, um momento político que faça o carioca ter volta a esperança e a alegria que sempre caracterizou essa terra.

    Jandira e Wadhi com certeza é a opção que o Rio deseja com mais democracia e garantia de bem estar social.

    Luciano Menezes
    Engenheiro Civil e Professor

  8. O Deputado Wadih Damous tem estado nas Lutas contra o Golpe e um atuante Parlamentar. É um nome que somará, agregará intensamente na chapa com a Deputada Jandira.

  9. Jandira e Wadih não apenas dão ânimo eleitoral ao campo popular no Rio de Janeiro – são, também, a perspectiva mais real de a esquerda assumir a administração da cidade do Rio de Janeiro. Sinto que não estão disponibilizando seus nomes apenas para se “cacifarem” para futuras eleições ou para construir legendas – percebo neles a gana de asssumir a administração para desenvolver uma nova política com uma perspectiva popular.
    Por isto eu os apoio

  10. Jandira e Wadih Damous, tem meu total apoio. Uma dupla combativa, aguerrida, competente. Estou entusiasmada para fazer essa campanha. O Rio de Janeiro e os cariocas merecem.

  11. Até que em fim vou conseguir votar com convicção para prefeitura da cidade do Rio Janeiro! Wadhi preenche todos os requisitos para ser a melhor opção para o PT. O que afirmo é facilmente comprovado em vida de militância e profissional. Jandira e Wadhi para prefeitura !

  12. Jandira e Wadih formam uma excelente chapa que mostra que a saída dessa crise que vivemos tem que ser pela esquerda. Dois parlamentares com uma trajetória de luta e de compromisso com a nossa cidade. Contem com meu voto e minha participação na campanha.

  13. Jandira e Wadih são os meus candidatos. Meu voto e apoio aos dois que podem proporcionar a cidade do Rio de Janeiro um ciclo de inclusão e justiça social.

  14. Em nome da reconstrução do campo de esquerda, eu também apoio o nome do companheiro Wadih Damous.

    André Luiz Barbosa da Silva
    Ex Secretário de Geral, de Organização e de Formação Política do PT Macaé.

  15. Apoio a candidatura de Wadih para vice por ter certeza da força dessa dupla para ter chance da cidade do Rio de Janeiro ter uma direção definitivamente de esquerda!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *