Faça Parte!

Cadastre-se e ajude a ampliar nossa força na busca por mudanças.

Faça Parte!

Cadastre-se e ajude a ampliar nossa força na busca por mudanças.

Artigos

O Pacto de 88 foi Quebrado

“É preciso repactuar o país, porque o pacto de 88 foi quebrado”,” declarou o deputado Wadih Damous (PT/RJ), durante o debate Construindo Maiorias Democráticas, promovido pelo Sindicato dos Engenheiros do Rio de Janeiro (SENGE) e Federação Interestadual dos Engenheiros...

Wadih: “Haddad no governo e Lula no poder”

“Agora é Haddad no governo e Lula no poder”, sentenciou o deputado federal Wadih Damous (PT/RJ), após visitar o presidente Lula, na manhã de terça (11/09), dia do anúncio da Carta ao Povo Brasileiro e indicação de Haddad, em frente à sede da Superintendência da...

Batemos no teto da institucionalidade?

No dia em que a Coligação “O Povo Feliz de Novo”, que congrega PT, PcdoB e PROS, é ilegalmente forçada a alterar a chapa da candidatura à presidência da república, é importante lembrar que Lula, o impronunciável para a justiça eleitoral, sempre acreditou nas...

Josué de Castro, Lula e a marcha do MST

A Articulação do Semiárido Brasileiro (ASA) desde o dia 27 de julho realiza caravana que percorrerá mais de quatro mil quilômetros para denunciar a volta da fome no Brasil. O roteiro começou em Caetés (PE) e passou por Feira de Santana (BA), Guararema (SP), Curitiba e...

Como enfrentar o encarceramento em massa

A população carcerária brasileira quase dobrou em dez anos, passando de 401,2 mil para 726,7 mil, de 2006 a 2016, segundo dados do Infopen - Levantamento Nacional de Informações Penitenciárias (Infopen) de junho de 2016. Deste gigantesco contingente total 40% são...

Vigiar e punir

Na sociedade do espetáculo, aos verbos do título desse texto, cabe um acréscimo. Vigiar, punir e atender ao que os jornais e as revistas determinam   A comunicação oficial do TJRJ, ao noticiar a sentença contra os 23 jovens ativistas que participaram de protestos...

Afaste de mim este cale-se – artigo do presidente Lula

Luiz Inácio Lula da Silva: Afaste de mim este cale-se Querem impedir que o povo escolha em quem votar? Estou preso há mais de cem dias. Lá fora o desemprego aumenta, mais pais e mães não têm como sustentar suas famílias, e uma política absurda de preço dos...

A contumácia delitiva de Sergio Moro: até quando?

Em março de 2016 eu apresentei, junto com outros colegas parlamentares, reclamação disciplinar ao Conselho Nacional de Justiça (CNJ) contra o juiz Sergio Moro, em razão de uma série de infrações éticas e disciplinares e crimes cometidos na condução de processos da...

Justiça tardia para Herzog e Víctor Jara

A ausência de responsabilização pelos crimes cometidos na ditadura e o desprezo e a falta de cuidado com a memória e a verdade são razões da fascistização da sociedade brasileira   A Corte Interamericana de Direitos Humanos sentenciou o Estado Brasileiro pelo que...

O golpe quer acabar com a mística da camisa canarinho

Estamos a poucos dias da estreia da seleção brasileira na Copa do Mundo e o silêncio, apatia e a ausência do verde e amarelo pelas ruas do país é a tônica que reflete o triste momento que vivemos. Até o golpe de 2016, as Copas do Mundo eram experiências marcantes,...

Opção pela barbárie

A opção pelo autoritarismo e por uma forma absolutista de ação estatal tem sido a tônica da Lava-Jato POR WADIH DAMOUS (*) A irresponsável e ardilosa autorização dada pelo Supremo Tribunal Federal para que Moro determinasse a prisão do ex-presidente Lula, antes mesmo...

Ricardo Lewandowski: Presunção de inocência

A presunção de inocência representa talvez a mais importante das salvaguardas As constituições modernas surgiram na esteira das revoluções liberais do século 18 como expressão da vontade do povo soberano, veiculada por seus representantes nos parlamentos. Desde então,...

A história de Margarida

A história de Margarida - Autor desconhecido Margarida é agricultora. Veio pra Rondônia atrás de um pedaço de terra. Achou terras devolutas e ocupou um pedaço, com mais 52 famílias. Viveu lá por 7 anos. Plantou, colheu, criou boi, porcos, galinhas. Nesse meio tempo,...

O plebiscito revogatório como alicerce de um novo país

Por Wadih Damous, no GGN A julgar por seguidas declarações públicas recentes, tudo indica que o ex-presidente Lula aderiu mesmo à tese da proposição de um plebiscito revogatório, caso eleito presidente da República, para anular todas as medidas do governo ilegítimo....

Doe para a campanha

Wadih Damous é advogado e deputado federal. Foi presidente da Ordem dos Advogados do Brasil do Rio de Janeiro entre 2007 e 2012. Presidiu a Comissão da Verdade do Rio e a Comissão Nacional de Direitos Humanos do Conselho Federal da OAB. Presidiu Diretório Central dos Estudantes (DCE) da UERJ e, como advogado, atuou e defendeu os trabalhadores. Agora, como deputado federal, após ter ocupado a vanguarda na resistência ao golpe contra a presidenta Dilma, se firmou como um pilar da legalidade democrática na Câmara dos Deputados e é um dos principais parlamentares na defesa do Lula. Sua voz hoje no parlamento é referência contra as atrocidades jurídicas da Lava Jato e o Estado de exceção no qual está mergulhado o Brasil pós-golpe, sempre apontando a urgência do resgate da democracia.

Outro valor:

Compartilhe nas redes socias